A dor chega quando menos esperamos

A dor chega quando menos esperamos. Um dia parece que está tudo bem, e no momento seguinte o mundo desaba e deixamos sem chão para nos ampararmos. Esta semana perdemos o nosso avô querido, um grande senhor que fazia parte das nossas vidas mesmo apesar da distância que nos separa. A família é o bem mais precioso que tenho na minha vida e custa-me sempre acreditar que um dia as coisas mudam e que as pessoas não vão estar cá para sempre.

A dor chega quando menos esperamos

Na verdade nem consigo bem acreditar. Com a distância, é como se ele ainda estivesse lá no mesmo sítio e isto fosse tudo mentira. Mas depois de repente percebo que não, que mais um de nós se foi e que deixa um espaço que não pode mais ser preenchido. Pelo menos acredito que foste para um lugar melhor, onde vais ser feliz e onde nos vamos voltar a encontrar um dia!! Espero que nos estejas a ver e guardes os teus meninos, os teus netos e bisnetos!!

É muito duro ver a nossa família ficar mais pequena e é muito difícil ver a dona Dolores de luto, tristonha e sem forças. Viram o testemunho no instagram dela? Só me apetece agarrá-la e enchê-la de de beijos, dizer que vai tudo ficar bem. Afinal a vida continua, nós estamos cá e vamos continuar unidos como sempre. Com Deus no comando, tudo vai acabar bem e estes dias tristes vão acabar por passar. Tenho a certeza.

Avô, nunca nos vamos esquecer de si!! Descansa em paz!!!

KA

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *